sexta-feira, 24 de março de 2017

2 anos já passaram desde que fiz a minha primeira Meia Maratona

Não ando ausente...ando mesmo desaparecido.
Estou a fazer os possíveis para voltar a por em ordem aqui o cantinho até porque tenho muita coisa para contar.

Desta vez vim só mesmo assinalar a data de 23 de Março, nesse dia em 2015 fiz a minha primeira meia maratona, foi na Ponte 25 de Abril e fiz aproximadamente 1h56. Fiquei contente até porque na véspera mal conseguia andar e só por isso ter conseguido concluir foi uma grande conquista.

Desde esse dia já muita coisa aconteceu, muitas provas, algumas meias maratonas e até já 4 Maratonas.

Aqui está a bela camisola, ainda a uso em ocasiões especiais :-)

Espero voltar em breve com mais noticias.

Bons treinos a todos e espero que estejam todos bem.

terça-feira, 4 de outubro de 2016

Maratona de Lisboa 2016 - á terceira foi de vez

Foram 3 meses e quase 950 quilómetros de preparação para esta que foi a minha terceira Maratona.
Desta vez tive um plano traçado por alguém que sabe o que é preparar e fazer Maratonas, fiz muito mais quilómetros e acima de tudo fui mais organizado no que a provas diz respeito, apenas realizei uma prova nestes 3 meses e serviu como derradeiro teste para o grande dia.
Foram muitos treinos a horas pornográficas (5 da manhã) :-) algumas semanas com dias a treinar 2 vezes, manhãs de domingo fora a correr 30 quilómetros ou mais muitos deles com calor, e ainda bem que assim foi ou o desfecho da Maratona teria sido diferente certamente.
A semana que antecedeu a Maratona correu bem, bebi muita água, apanhei um susto no inicio da semana, parecia que estava a ficar constipado mas não passou disso mesmo, de um susto. O facto de ser a terceira Maratona deixava-me um pouco mais calmo (pouco) e o facto de me sentir melhor preparado também ajudava e até que dormi bem nos dias anteriores, no dia acordei ás 5 da manhã que é a hora a que me levanto normalmente para treinar.
Levantei me e com calma comecei a preparar as coisas, vesti a minha bela camisola, e saí de casa porque os meus companheiros já estavam á minha espera.


Fomos a pé de minha casa que fica a cerca de 2 quilómetros da partida, serviu de ligeiro aquecimento.
Chegados perto da partida fomos fazer o xixi final e dirigimos-nos para a nossa zona de partida.

Partida dada e lá fomos nós, passei o pórtico de partida já com 4 minutos, tantos eram os participantes, comecei a Maratona com um amigo e vizinho que se estreava nestas andanças, a companhia ajudou em muito, os quilómetros passavam sem se dar por isso sempre dentro do ritmo que tinha estipulado, entre 5:15 e 5:20.
Em St Amaro de Oeiras tinha lá uns amigos a apoiar e foi muito bom vê-los e ouvi-los, deu uma força extra.
E eis que meia maratona estava feita, no ano passado por esta altura estava com uma dor de burro tremenda e pouco depois estaria a parar a primeira vez, este ano tudo diferente, estava a sentir me muito bem.
Aos 25 quilómetros uma paragem forçada para mais um xixi e lá continuámos, aos 27 quilómetros a minha companhia começa a fraquejar e nem dois quilómetros depois eu continuei sozinho, estava por minha conta nos últimos e mais difíceis quilómetros.
Tive uns amigos que seguiram a minha prova pela aplicação disponibilizada pela organização e disseram me que por volta dos 32km cheguei a corre a 4:55 por quilómetro, não sei o que tinha na cabeça!! :-)
Abrandei ligeiramente em 2 abastecimentos, os que tinham fruta e powerade, a confusão também era maior e então preferi assim e quando dou a curva á direita para começar a entrar na expo ganhei nova vida, estava quase lá, cada vez havia mais pessoas, o ambiente puxava cada vez mais por os atletas e este ano senti isso de uma forma diferente.

 Aqui já estava quase, tão perto e ao mesmo tempo parece que nunca mais lá chegava.
Nesta altura tal como no ano passado, só pensava que a minha filha e a minha mulher estavam na meta e só queria chegar ao pé delas.
Dentes cerrados...e estava á procura das minhas meninas...
a ver o tempo...iam ser menos 18 minutos que no ano passado...
Está feita, mais uma Maratona, á terceira foi de vez e baixei das 4 horas, mais uma etapa superada, quando comecei a correr estava longe de pensar em fazer uma maratona...quanto mais 3, tomei-lhe o gosto, custa mas no fim sabe tão, mas tão bem :-)
Com a maninha, grande máquina e companhia de muitos quilómetros
a minha força...o meu maior troféu...
E vão três...
Resultado final...menos 18 minutos...estou contente...muito...
Para terminar quero dar os parabéns a todos os que se tornaram Maratonistas neste dia 2 de Outubro e a todos os que terminaram com sucesso a prova.

Para quem em Novembro vai fazer a Maratona do Porto desejo muita força e que corra tudo como desejam, em especial ao ENORME João Lima que é para mim, pelos números que tem, pelo atleta e pessoa que é uma grande inspiração.

segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Resumo da preparação para a Maratona de Lisboa

Inicialmente tinha pensado em documentar a preparação para a Maratona semana a semana, mas vou vos poupar dessa seca :-) e fazer um ligeiro resumo do que mais importante aconteceu.

Comecei logo com grande volume de carga, principalmente nos longos de Domingo, se na preparação da Maratona do ano passado tinha feito apenas um treino de 30 quilómetros, todos os outros longos tinham sido de 28km ou menos, este ano longos de 30 ou mais quilómetros foram 4 (30, 31, 32 e 35) e o de 35km foi o melhor.
Este ano abdiquei completamente de provas durante a preparação, realizei apenas uma prova, a Meia Maratona de São João das Lampas onde tirei 3 minutos ao tempo de 2015.
Foram 3 meses de preparação e aproximadamente 950 quilómetros percorridos, pelo meio uma semana em que tive engripado e treinei apenas 2 dias mas em compensação houve uma semana em que dois dias fiz treinos bi-diários e uma semana em que foi um dia com bi-diários e notei que foi nessas duas semanas que senti o efeito dos quilómetros nas pernas e senti que estava mais confortável a rolar a um ritmo mais forte.
Pelo meio uma alteração no meio de transporte para o trabalho, deixei o carro e passei a ir de comboio, mas esta alteração fez com que os treinos semanais tivessem que começar ás 5 da manhã, ainda foram 2 meses assim, mas esforçei-me por atingir o meu objectivo, custava acordar tão cedo, mas era por um bom motivo, sem sacrifício não há vitória.

Na altura que escrevo este post, já completei a Maratona e espero em breve vir contar-vos como foi a minha terceira Maratona.

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Maratona de Lisboa - 1ª Semana de preparação

Chegou finalmente a altura de começar a preparar a Maratona de Lisboa, a minha terceira.
Depois de em 2015 ter feito 2 Maratonas em 3 semanas e sem a melhor das preparações, seguindo apenas o plano de treino do Garmin, em 2016 farei apenas a Maratona de Lisboa mas pretendo fazê-la com uma preparação á altura da prova que é.
Objectivos? O principal é desfrutar dos 42,195 e terminar bem, se a juntar a isto conseguir melhorar a marca do ano passado e fazer menos de 4 horas seria excelente.

A primeira semana de preparação começou na terça feira com umas séries ( 12 X 400M )


Quarta Feira 70 minutos de corrida contínua


Quinta Feira 10 rampas de 30 segundos seguidas de uma aula de 30 minutos de Spinning no Ginásio.


Sexta Feira novamente 70 minutos de corrida contínua.


Sábado seriam 3 séries de 3km mas acabei por fazer 1 série de 3km, 1 de 2km e 1 de 1km.


Para terminar em beleza a primeira semana um longo de 32 km com média final de 5:23\km


Primeira semana de treinos cumprida na integra com um total de 89.81 km.

quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Estou de volta...mas desta vez sem promessas!

Digo desta vez sem promessas porque cada vez que prometo que vou dedicar mais tempo aqui ao meu espaço, parece que fico ainda mais tempo sem aqui vir e desta vez foram mais de dois meses!!

Este post é só para contar o que se passou entre a ultima prova que publiquei e o inicio dos treinos para a Maratona de Lisboa, e diga-se de passagem, não foi muita coisa!!

Na semana seguinte a ter feito a prova da Onyria em Belém fui pela primeira vez á corrida do Sporting, não é o meu clube, mas como gosto é de correr e já não corrida ali ha algum tempo fui.
Estava ainda a digerir a prova da semana anterior, onde pretendia ter baixado o meu PBT aos 10k e não consegui, e para esta prova vinha sem qualquer objectivo, em primeiro lugar porque o percurso não é favorável a isso e em segundo lugar porque não queria estabelecer o meu PBT aos 10k na corrida do clube do Lumiar!! :-) agora a sério, não é prova para se bater records, pelo menos para mim nesta altura não era.

Comecei bem, consegui até com alguma facilidade escapar aquela confusão inicial e lá fui eu em direcção ao Saldanha, a prova tem um inicio muito rápido, só as curtas subidas dos túneis nos fazem abrandar um bocado. Fiz os primeiros 5km em muito bom ritmo (22:36) mas o pior estava para vir, subi o Saldanha até em bom ritmo, mas quando cheguei cá acima acusei o desgaste da subida e a partir daí pensei, não estava ali para bater record e dentro de pouco tempo iria começar a preparar a Maratona, e isso era o que já andava na minha cabeça, por isso ao fim da subida abrandei um pouco e fiz na segunda parte da prova mais 1 minuto e meio o que deu um tempo no meu garmin de 46:36.

Gostei da prova apesar de prometerem uma chegada no relvado o que acabou por não acontecer porque disseram que o relvado era novo!! A mim não me chateou muito mas havia pessoas algo revoltadas.
Dependendo de quando for a edição de 2017 poderei voltar a repetir esta prova.


Uma semana depois desta prova dei inicio á preparação da Maratona, preparação essa que vou tentar documentar semana a semana.

Bons treinos a todos

domingo, 3 de julho de 2016

Onyria Running Challenge 2016

O ano passado esta prova tinha sido no guincho debaixo de um vento ciclónico, este ano realizou-se em Belém, quase que arrisco dizer, no sitio do costume :-)
Piso plano embora em algumas zonas, nomeadamente na zona da partida e consequentemente na chegada, esteja algo degradado e com buracos que podem causar marcas se não formos com atenção.
Esperava-se também algum vento, mas as previsões falharam e houve foi calor a mais do que estávamos a contar.
Apesar de não sentir que era o dia de fazer uma grande prova, depois do aquecimento dirigi-me para a partida com o objectivo de dar o meu melhor e no fim logo se via.
Comecei bem com ritmo bom e a sentir me bem, e assim fui até aos 5km onde tinha uma margem em relação ao meu PBT entre 30 a 40 segundos, mas assim que dei a volta aos 5km, com o abastecimento e o gel o ritmo nunca mais foi o mesmo e os segundos que conquistei a muito custo em 5km, desperdicei os em apenas 2km e a hipótese de bater o meu record ficou-se  mesmo por aí, por uma hipótese.
Não sei muito bem explicar, mas após o abastecimento e o gel, a minha respiração não voltou a estar como até ali e foram 5km finais de cada vez mais sofrimento até á meta.
 
Dá para ver na foto o ar de desalento, tudo bem que o calor não ajudou, mas depois daqueles 5km iniciais penso que devia podia ter feito mais, mas há que seguir em frente e continuar a trabalhar (treinar) para melhorar na próxima.
Não digo que tenha que treinar mais, mas sim treinar de forma diferente, para chegar aos 45 rolar e séries pode ser suficiente, mas para menos disso é preciso mais...
Erguer a cabeça e não baixar os braços...
Bons treinos a todos

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Marginal á noite - Grande festarola!!

Pela primeira vez participei na marginal á noite, e devo dizer que a prova superou as minhas expectativas.
Grande ambiente, muita gente, muita luz, som, uma temperatura brutal e sem vento, resumindo, estava tudo perfeito.
Cheguei com tempo de estar e ver muita gente, confraternizar antes da prova, e sem dar por isso era altura de ir aquecer!!
Vinha sem qualquer objectivo a não ser aproveitar e desfrutar da prova até porque na véspera tinha feito a ultima prova do troféu de Oeiras na mata do Jamor e tinha deixado marcas!
Felizmente consegui uma pulseira "fast runner" que me permitiu partir a frente da confusão e poder começar a correr desde o inicio. Entrei para essa zona para iniciar o aquecimento mas rapidamente a zona ficou cheia de gente e espaço para aquecer não era nenhum!!
Aqui com os amigos e pupilos do mister Gaspar!
 Dada a partida e toca logo a subir, começa bem disse para dentro!! :-) Com aquela emoção de começar na frente acabei por fazer o 1º quilómetro em 4:15, demasiado rápido, a subida acabou e estabilizei num ritmo que me permitisse fazer a prova relativamente confortável. O 2º quilómetro ainda foi em 4:20 mas os restantes todos entre casa de 4:30 e 4:35 com excepção do ultimo (descida) em que devo ter baixado dos 4 por alguns metros.
Resumindo, gostei da prova, o fogo de artificio após a partida estava espectacular, a luz e som ao longo de todo o percurso estava muito bom excepto apenas o excesso de luz que havia no segundo quilómetro que tornou aquela zona do percurso muito quente!
Gostei e possivelmente para o ano regressarei.
Bons treinos a todos e acreditem sempre em vocês!

domingo, 29 de maio de 2016

Corrida de Belém

Primeira participação nesta prova e primeira vez também que pisei a pista do Restelo, aliás nem no estádio tinha entrado!!
Apesar de atravessar um bom momento vinha sem expectativas para esta prova pelo percurso algo desnivelado, e aquela expressão que se diz " acontece quando menos se está á espera" só durou até meio da prova :-)...mas já lá vamos.

O tempo estava bom, um pouco quente até quando o vento não soprava, antes da prova ainda deu para um aquecimento ligeiro com o pessoal da luta antes de ir para a partida e deu ainda para dois dedos de conversa com o João Lima e com o ultracasal de campeões Isa e Vitor.
Aqui nota-se pelas caras que foi antes da prova :-)
Partida dada, e após percorrer quase toda a pista saímos em Direcção á Avenida das Embaixadas para nos semáforos do Hospital S.F Xavier cortar á direita e descer. Não queria perder muito tempo na subida e até cheguei relativamente bem á descida e aí aproveitei para recuperar um pouco o fôlego.
Confesso que não estudei o percurso, e que tótó é que vai a uma prova sem ver o percurso como deve ser, enfim, pensei que iríamos descer até aos Jerónimos, e que voltaríamos a subir também por aí, quando a seguir ás bombas Repsol cortámos á esquerda fiquei um bocado surpreendido. A descida da Avenida da Torre deu para recuperar mais um pouco mas quando a descida acabou e entrámos na Avenida da India percebi que seria difícil, muito difícil, fazer uma gracinha nesta prova, ia a 4:30 mas com muita dificuldade e a dificuldade aumentou ainda mais quando após o retorno apanhámos com vento de frente, não era um vento muito forte, mas veio ainda piorar mais.
Quando após o 8º Quilómetro me apercebo do que estava reservado para o final, aí foi o golpe final nas minhas já fracas aspirações, se até aí acreditava fazer um tempo na casa dos 44, tendo que fazer essa subida seria bom se fizesse na casa dos 45 o que acabei por conseguir com muito esforço e algum sofrimento no final.
Prova bonita, percurso difícil e igualmente bonito onde conto voltar se o calendário assim o permitir.
Aqui já depois de concluída a prova, nota-se as expressões diferentes...
   Apesar de não ter corrido como esperava, fico contente, a prova era difícil e dei o meu máximo.
Agora é treinar bem para dia 11 fazer uma boa prestação na marginal á noite.

Bons treinos a todos.

sábado, 28 de maio de 2016

Um treino diferente e muito agradável...

Como este cantinho não se faz só de relatos de provas, não quero deixar passar a oportunidade de registar um treino diferente que tive esta semana.

Já andava para ser combinado há muito tempo e nesta 3ª feira concretizou se e fui treinar bem cedinho com o João Lima.
Foram quase 60 minutos que mal pareceram 5, em que falámos das nossas provas, objectivos, situações menos boas, Maratonas, planos futuros...etc... e ainda deu para ir conhecer uma zona onde nunca tinha corrido, eu que corro ali em média 3 a 4 vezes por semana.
Ficámos de combinar mais vezes e quem sabe até um treino longo uma vez que iremos estar a preparar maratonas na mesma altura.

Obrigado João por este treino e venham mais assim. Força para os teus planos e objectivos.

Bons treinos a todos

quinta-feira, 26 de maio de 2016

3ª Corrida TSF...10 meses depois e menos 2 minutos...

A prova da Estefânia não correu como eu queria, não quer dizer que tenha corrido mal, mas não foi o que esperava, e agora sei que coloquei a fasquia muito alta para essa prova, é o que dá andar consecutivamente a bater records prova após prova, mas são estas provas que não correm como esperamos que nos fazem igualmente aprender e evoluir com os erros e dar ainda mais valor aquelas provas que correm bem.
Isto tudo para dizer que como esta prova me tinha deixado algo "desanimado" fui a correr :-) inscrever me na corrida da TSF, que no ano passado tinha sido em Julho com um calor brutal e onde na altura tinha estabelecido o meu melhor tempo aos 10k com 45:58.
Como tinham acabado os meus geis, fui mais cedo para comprar um ali numa loja em Algés que vende daquela marca que têm nos abastecimentos da Maratona do Porto e que fiquei fã quando experimentei, mas para meu azar estavam esgotados. Aconselhado pelo dono da loja comprei um, que agora já não me lembro da marca, sabor a kiwi, delicioso, e com 51gr de hidratos, disse ele que é muito usado pela malta do triatlo e que o efeito dura á vontade uma hora. Então aqui o inteligente pensou, vou é tomar o gel antes da prova, se dura uma hora escuso de me preocupar em tomar o gel durante a corrida, e é esta a altura em que vocês me insultam e com toda a razão!!
Tomei o gel, bebi agua e lá fui aquecer, perto da hora dirigi-me para a partida, para a minha zona, é uma das coisas que esta prova tem de bom é as partidas definidas por tempo, foi a minha estreia no separador sub45 :-)
Comecei bem, um pouco rápido demais, mas desta vez consegui ao fim do primeiro quilómetro encontrar o meu ritmo e assim fui e a sentir me bem, pelo menos até ao quilómetro 4,5 onde me começou a dar uma valente dor de burro. Deu me de tal forma que nem conseguia respirar fundo e o ritmo foi baixando, até então ia a 4:20 e a sentir me bem mas não aguentei e passei para 4:35 e a custar me a aguentar, nem sequer bebi agua no abastecimento dos 7 para não piorar ainda mais as coisas.
Pose para a fotografia...porque ia a custar-me muito

 Nunca me deu uma dor de burro assim, a unica vez que me aconteceu foi na Maratona de Lisboa aos 21km e não foi tão forte por isso presumi que tenha sido do gel que tomei antes da prova.
Não sei como mas ainda fui buscar algumas forças para dar mais qualquer coisa no ultimo quilómetro e estabelecer novo record, mas fica mais uma vez a sensação que podia ter sido ainda melhor.
Aqui a cara não engana ninguém...só queria chegar á meta...
Foi provavelmente a ultima vez que tomei um gel antes da prova, mas digo-vos que gostei muito do sabor :-) era mesmo delicioso, tenho que ir comprar mais mas para tomar durante a prova!!
Pela primeira vez uma prova abaixo dos 44 mas que tinha tudo para ter sido ainda melhor.
Fica para a próxima.
Bons treinos e boas provas a todos e acreditem sempre que são capazes!


domingo, 15 de maio de 2016

Corrida D.Estefânia

A atravessar um bom momento, Abril foi cada prova, um record batido, fui até Belém para a Corrida dona Estefânia.
O percurso é o habitual daquela zona, sempre planinho e até algo secante.
Pouca gente, mas já se esperava uma vez que no dia seguinte ia ter lugar a corrida do 1º de Maio.
Ia com intenção de tirar mais uns segundos ao tempo que fiz nos 10k da corrida do Benfica e com um percurso mais difícil.
Antes do inicio da prova, um ligeiro aquecimento e umas retas e toca de ir para a partida.


Ainda deu para uma ligeira sessão de fotos com o grande José Silva antes de irmos para a partida.

O mal destas provas com pouca gente é começar muito á frente e com isso começar depressa de mais, e foi exactamente isso que me aconteceu, fui até ao segundo quilómetro a fazer de lebre da Ercilia Machado, só por sí dá para ver que ia demasiado depressa.
Abrandei e fixei o ritmo onde queria, mas não consegui manter como desejava, na semana anterior tinha tido uma prova difícil do troféu de Oeiras, num dia que supostamente era de descanso, e isso acabou por ter influência no desempenho, principalmente apartir de meio da prova. Foi uma prova em decréscimo, com os últimos quilómetros piores do que os primeiros.

Mesmo assim acabei com 44:17 (tempo de chip) o que era novo PBT na distância.
E os records continuavam a cair...
Próxima prova...TSF Runners...

terça-feira, 3 de maio de 2016

Corrida do Benfica 2016

Na semana seguinte ao grande resultado na corrida dos Sinos foi a vez de repetir a presença na corrida do Benfica.
Foi  a terceira vez que fiz a prova a correr, a primeira das quais foi apenas nos 5km.
Tempo chuvoso como costuma acontecer nesta prova mas nem a chuva afastou as milhares de pessoas que queriam passar dentro do estádio da Luz a correr.
Desta vez não me distrai no inicio e bem cedo fui para a partida assegurar um bom lugar, com tanta gente, se partisse atrás arriscava a só começar a correr por volta do segundo quilómetro.
Parti bem, evitei a confusão inicial e lá fui eu tentar bater o meu record dos 10k sabendo que não seria a prova mais indicada devido ás algumas subidas que tinha, algumas mais longas e pouco acentuadas outras mais curtas e mais acentuadas, mas também com algumas descidas para compensar. A estratégia passava por tentar chegar ao retorno dos 7km o melhor possível, aproveitar um pouco da descida para recuperar e tentar dar o máximo nos últimos dois quilómetros, se por um lado cheguei relativamente bem ao retorno, por outro sinto que não consegui acabar tão forte como queria nos últimos dois quilómetros.
Dentro da catedral...
Quase que dá vontade de parar...neste lindo estádio...

Mesmo assim e depois da subida final dei o que tinha, passei aos 10k com 44:42 e na meta com 45:26 o que era novo PBT na distância.
Foi um inicio de mês fantástico em que bati dois records em semanas consecutivas e em provas com alguma dificuldade, os resultados dos treinos começam a aparecer.
Aqui fica o resumo da prova.
Bons treinos a todos.

domingo, 1 de maio de 2016

Corrida dos Sinos 2016

Quanto mais digo que vou estar mais presente, mais tempo fico sem actualizar aqui o cantinho, o que não pode ser, a ver se ponho isto em dia que muita coisa tem acontecido, vamos lá por partes.
Já no longínquo dia 3 de Abril desloquei-me a Mafra para fazer a minha segunda corrida dos Sinos. Prova Simpática e também algo puxadinha com uns quilómetros a subir depois do retorno aproximadamente a meio da prova.
Cheguei a esta prova praticamente sem objectivo definido e foi já na viagem que me pus a fazer contas. No ano passado tinha feito 1h17:32 e este ano se fizesse abaixo de 1h15 ficaria contente. Estava a treinar bem e vinha motivado da boa meia maratona de Lisboa e vinha disposto a fazer uma boa prova.
Voltei a "distrair-me" na partida e comecei muito atrás e voltei a ter um primeiro quilómetro demasiado lento na semelhança do que me aconteceu na ponte, mas não me deixei afectar por isso, nos quilómetros seguintes consegui recuperar os segundos que perdi nesse quilómetro e lá segui de acordo com a tácita que tinha definido, a ideia era guardar-me na descida até ao retorno para depois ter força para subir, e assim foi, na descida algumas vezes ia mais depressa do que queria, mas consegui controlar e até me aguentei na subida melhor do que estava á espera.
olha ele todo concentrado!! :-)
A partir de uma altura já sabia que iria fazer menos de 1h15 a não ser que me desse uma coisa má, e comecei a apontar a metas mais altas, vinha com uma média melhor do que na meia maratona e estava a sentir me bem e pensei pra comigo " Ó Tiago...fazer 1h10 é que era um grande tempo" e fui atrás desse objectivo.
Apanhem-me se puderem!!  :-)
Nem sei como mas ainda fui buscar forças para fazer o ultimo quilómetro em 4:17 que foi o melhor de toda a prova e fiz a reta da meta a uma média de 3:20 e terminei com 1h10:01 o que deu média de 4:37, algo que há uns meses não fazia em provas de 10km.
Depois de ter acabado Março a bater o record da meia maratona, começo Abril a dizimar o record dos 15km e não fiquei por aí, mas isso são cenas para os próximos capítulos.
Prometo que vou tentar não demorar muito...
Bons treinos a todos
Despeço-me com o resumo da prova